Série “como fazer”

Quando iniciamos o desenvolvimento de um software é normal nos inspirarmos em uma ideia já existente. Isso pode ser uma tela bem feita, uma experiência boa para o usuário, um case de sucesso. Acredito que isso seja uma característica em comum quando falamos de desenvolvimento desktop, web ou mobile, afinal de contas, quem nunca escutou isso:

“No sistema tal, quando você manda uma foto é possível recortar ela ali no próprio sistema ( crop )… Quero que no nosso sistema seja assim também, igual…”

“Tá vendo esse site aqui, olha só, tá usando esses botões bonitos e modernos… Quero que no nosso site seja igual…”

 

“Você viu ali no WhatsApp, quando a pessoa lê a mensagem aparece aqueles dois tracinhos azuis… Quero igual no nosso app…”

Levando isso em consideração, estou planejando uma série de posts para falar sobre “como fazer” uma determinada feature de algum aplicativo conhecido. Como estou trabalhando com Xamarin.Forms à quase dois anos, os posts serão focados utilizando ele para aplicativos nas plataformas Android e iOS.

E porque isso??? Sei que muita gente utiliza Xamarin.Forms e que essas pessoas, ou gostam muito ou odeiam muito o framework. Eu faço parte daqueles que gostam do framework, mas isso é porque eu entendi que existem limitações nele, e que, se você souber conviver com elas e souber desenvolver alguns workarounds quando necessário, você vai se sair bem.

Então é isso pessoal, meus posts vão focar em mostrar “como fazer” algumas coisas que não são padrões no framework. Espero que vocês gostem.

Em breve começo a publicar. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *